Diretoria e Conselho de Administração

Conselho de Administração

O Conselho de Administração é um órgão de deliberação colegiada, responsável pela orientação geral dos negócios da Brasil Brokers, incluindo sua estratégia de longo prazo. É responsável, também, dentre outras atribuições, pela eleição dos diretores da Companhia e fiscalização da respectiva gestão.

Conforme previsto no Estatuto Social, o Conselho de Administração da Brasil Brokers é composto por, no mínimo, cinco e, no máximo, seis membros efetivos, além de um outro número de suplentes a ser determinado em Assembléia Geral, limitado ao número de conselheiros eleitos, vinculados ou não a conselheiros efetivos específicos, eleitos pela Assembléia Geral e destituíveis por ela a qualquer tempo. O mandato dos conselheiros será unificado e o seu prazo será de dois anos.

As reuniões do Conselho de Administração são instaladas com a presença da maioria dos seus membros e as deliberações são tomadas por maioria dos membros presentes, cabendo ao Presidente do Conselho de Administração, além do seu voto pessoal, voto de desempate. Essas reuniões acontecem sempre que convocadas pelo Presidente do Conselho de Administração ou pela maioria de seus membros, mediante comunicação por escrito com, no mínimo, três dias de antecedência, salvo casos de manifesta urgência, quando o prazo poderá ser reduzido.

Membros do Conselho de Administração Cargo Data de eleição Término do mandato
Jorge Alberto Eduardo Fergie Corse Presidente 09/11/2020 31/12/2021

O Sr. Jorge Alberto Eduardo Fergie Corser foi Diretor Executivo da KKR entre 2013 e 2018 e sócio da McKinsey & Company por aproximadamente 30 anos (de 1984 a 2013). Fundou a Nimax Capital em 2018 (consultoria em gestão empresarial e investimentos) e atualmente é Membro do Conselho de Administração da Monterra (companhia investida da KKR), Advisory Board Member da Afiniti (companhia de inteligência artificial baseada em Washington D.C.), Starboard (companhia de investimentos sediada em São Paulo), UP Offshore (companhia de logística brasileira) e I4 PRO (companhia brasileira de softwares). , O Sr. Jorge Alberto é engenheiro e mestre em Engenharia Industrial pela Stanford University (Califórnia, EUA).

Francisco Roman Lamas Mendez Villamil Conselheiro 30/04/2020 31/12/2021

O Sr. Francisco Roman Lamas Mendez Villamil iniciou sua carreira Barclays Bank - Madrid, passando posteriormente pela Lek Partnership - Londres e Milão. Foi Diretor e Sócio da consultoria McKinsey & Company por aproximadamente 11 anos, tendo atuado em projetos junto ao Varejo, Mída, TI, Telecomunicações e Finanças. Atuou também na Agrolimen - Madrid, até se tornar um Senior Advisor da Cerberus Capital em 2013. Desde então foi CEO da Haya Real Estate - Espanha, Diretor da Home Decor - Reino Unido e CRO da AVON Brasil.Formado em Administração de Empresas pelo ICADE Madrid, concluiu MBA no Instituto Europeu de Administração de Empresas (INSEAD) em 1995.

Daniel Abramant Guerbatin Conselheiro 09/11/2020 31/12/2021

O Sr. Guerbatin é engenheiro de produção com MBA em Gestão de Negócios Imobiliários pela FGV-Rio, além de especializações complementares relacionada à Nova Economia e Governança Corporativa. Com perfil empreendedor e habilidade para identificar, e desenvolver novos negócios, o Sr. Guerbatin acumula 20 anos de experiência no mercado corporativo, sendo os últimos 10 anos dedicados exclusivamente ao mercado imobiliário, com passagens profissionais pela Shell, Desideratum, Even e Calçada.

Robert Harold Milam Conselheiro 19/08/2020 31/12/2021

O Sr. Milam é Head of Emerging Market Credit e Managing Director da Cerberus Capital Management. Antes de ingressar na Cerberus Capital Management atuou por quase 20 anos no J.P. Morgan Securities, tendosido sua última posição Managing Director e Global Head of Emerging Market Credit Trading. O Sr. Milam é graduado em engenharia química pela Princeton University e membro do CFA Institute.

Sam Edward Abraham Bandel Conselheiro 30/04/2020 31/12/2021

O Sr. Sam Edward Abraham Bandel é Senior Vice President da Cerberus Capital Management desde janeiro de 2020. Anteriormente atuou no Arias Resource Capital Management, na Hudson Clean Energy Partners e no J.P. Morgan Securities. Formado em Engenharia da Computação pela Universidade da Pensilvânia, concluiu MBA em Finanças e Empreendedorismo também na Universidade da Pensilvânia, The Wharton School.

Diretoria Executiva

De acordo com o Estatuto Social da Brasil Brokers, a Diretoria é composta por três diretores, acionistas ou não, residentes no País, sendo um Diretor Presidente e um Diretor Financeiro, de Controle e de Relações com Investidores e o Diretor de Operações, eleitos pelo Conselho de Administração, com mandatos de 2 anos, podendo ser reeleitos e a qualquer tempo destituídos pelo Conselho de Administração.

Conforme o Regulamento do Novo Mercado, todos os membros da Diretoria da Brasil Brokers devem celebrar o Termo de Anuência dos Administradores como condição para ingressar na Diretoria da Companhia. Por conta desse instrumento, os diretores assumem responsabilidade pessoal pela observância do Contrato de Participação no Novo Mercado, do Regulamento da Câmara de Arbitragem do Novo Mercado e do Regulamento do Novo Mercado.

Diretores Cargo Data de eleição Término do mandato
Daniel Abramant Guerbatin Diretor Presidente e de Operações 27/08/2020 31/12/2021

O Sr. Guerbatin é engenheiro de produção com MBA em Gestão de Negócios Imobiliários pela FGV-Rio, além de especializações complementares relacionada à Nova Economia e Governança Corporativa. Com perfil empreendedor e habilidade para identificar, e desenvolver novos negócios, o Sr. Guerbatin acumula 20 anos de experiência no mercado corporativo, sendo os últimos 10 anos dedicados exclusivamente ao mercado imobiliário, com passagens profissionais pela Shell, Desideratum, Even e Calçada.

Andrea de Rizzio Diretora de Relação com Investidores 01/07/2020

A Sra. Andrea de Rizzio foi CFO, Diretora Estatutária, Diretora de Controladoria, Gerente Planejamento Financeiro e Gerente de Controladoria. Experiência em empresas de prestação de serviço, Industria, Startup, empresas em reestruturação financeira e de negócios. Responsável por áreas como: Planejamento Financeiro, Tesouraria, Contabilidade, Fiscal, Capex, Opex, Folha de Pagamento, TI e Suprimentos. Reestruturação de Capital, renegociação de dívidas, apoio as áreas de Negócios focando em resultado, participação de projetos de incorporação de novas empresas, planejamento tributário, implantação de sistemas e participação do Project Finance. Otimização fiscal, reorganização de processos financeiros visando qualidade e ganho em SG&A. Foco em otimizar o resultado da Cia. Participação ativa no conselho de administração, membro de comitê de ética, do conselho fiscal e comitê executivo.

Conselho Fiscal

De acordo com a Lei das Sociedades por Ações, o conselho fiscal é um órgão societário independente da administração e dos auditores externos. O conselho fiscal pode funcionar tanto de forma permanente quanto de forma não permanente, caso em que atuará durante um exercício social específico quando instalado a pedido dos acionistas que representem, no mínimo, 2% das ações com direito a voto e cada período de seu funcionamento terminará na primeira assembléia geral ordinária após a sua instalação.

As principais responsabilidades do conselho fiscal consistem em fiscalizar as atividades da administração, rever as demonstrações financeiras da companhia e reportar suas conclusões aos acionistas. A Lei das Sociedades por Ações exige que os membros do conselho fiscal recebam remuneração de, no mínimo, 10% do valor médio pago anualmente aos diretores da companhia. A Lei das Sociedades por Ações também exige que o Conselho Fiscal seja composto por, no mínimo, três e, no máximo, cinco membros e seus respectivos suplentes.

O Estatuto Social da Brasil Brokers prevê um Conselho Fiscal de caráter não permanente, com instalação e atribuições conforme a Lei 6.404/76, o qual será composto por 3 (três) membros, acionistas ou não, eleitos pela Assembleia Geral em que for requerido o seu funcionamento. Atualmente a Brasil Brokers não tem Conselho Fiscal instalado.