Notícias



Fato Relevante - Imóveis no Morumbi

Rio de Janeiro, 27 de Outubro de 2011 - A Brasil Brokers (BM&FBovespa: BBRK3), uma empresa com foco e atuação no mercado de intermediação e consultoria imobiliária, comunica a seus acionistas e ao mercado em geral que, de acordo com sua estratégia de expansão geográfica através da aquisição de participações em empresas de intermediação imobiliária, adquiriu 70% (setenta por cento) das quotas representativas do capital social da sociedade que realizará as operações de intermediação imobiliária da Imóveis no Morumbi, empresa que desenvolve as atividades de consultoria e intermediação imobiliária na cidade de São Paulo.

A Imóveis no Morumbi possui quatro lojas na região do Morumbi, Zona Oeste de São Paulo - SP, e atua exclusivamente no mercado secundário.

O valor estimado dos 70% adquiridos é de R$ 13,7 milhões, dos quais será pago um valor inicial de R$ 10 milhões e o saldo restante em três parcelas anuais variáveis, calculadas com base em uma estrutura de earn-out, em função dos resultados futuros alcançados.

Conforme determinado pelo artigo 256, inciso II, letra “b” da Lei das Sociedades Anônimas (Lei 6.404/1976), a Companhia convocará uma Assembléia Geral Extraordinária para deliberar sobre o assunto. Os acionistas que dissentirem da aquisição terão o direito de se retirar da Companhia. Para fins de pagamento do reembolso das ações detidas pelos acionistas da Brasil Brokers o preço será de R$ 3,43 por ação de emissão da Companhia, conforme balanço patrimonial datado de 30 de junho de 2011.

Com relação ao exercício do direito de retirada, terão direito ao reembolso aqueles que eram acionistas em 28/10/2011, data da publicação deste fato relevante. Os acionistas que adquirirem ações da Companhia após 28/10/2011, não terão direito a retirar-se em razão da aprovação da aquisição.

O prazo para o acionista dissidente manifestar-se acerca da sua decisão de retirada da Companhia é de 30 (trinta) dias contados a partir da data de publicação da ata da Assembléia Geral Extraordinária que deliberar sobre esta aquisição.

Para acessar o Fato Relevante, clique aqui.